domingo, 29 de novembro de 2009

HAMBÚRGUER RECEITA DE CULINÁRIA

HAMBÚRGUER RECEITA DE CULINÁRIA


4 c. (de sopa) de sementes de sésamo
1 c. (de sopa) de sementes de linhaça
80 g de pão torrado
100 g de miolo de amêndoa sem pele
80 g de miolo de avelã
2 c. (de sopa) de óleo-de-noz
80 g de tomate
0,5 dl de azeite
acelgas-bebe,
cebola roxa,
sal e pimenta q.b.

Auxiliando-se de um moinho triture as sementes o mais fino possível. Em seguida, triture também o pão, o miolo de amêndoa e avelã, igualmente num moinho. Tempere com sal, pimenta e o óleo de noz. Envolva tudo até obter uma pasta.
Molde depois os hambúrgueres e grelhe-os. Entretanto, limpe o tomate de sementes e triture a polpa. Incorpore-lhe o azeite e tempere com sal e pimenta. Sirva com os hambúrgueres, acompanhando com algumas folhas de acelga e rodelas de cebola roxa.

sábado, 28 de novembro de 2009

CATAPLANA RECEITA CULINÁRIA

CATAPLANA RECEITA CULINÁRIA

Carne de porco assada com amêndoas na cataplana - Algarve

1 kg de carne de porco (lombo ou perna desossada)
150 g de miolo de amêndoa
150 g de manteiga
50 g de banha
1 Cálice de vinho do Porto ou da Madeira
Caldo de carne
 sal e pimenta q.b.

Corte a carne em pedaços pequenos e aloure-os na banha e em 100 g de manteiga. Mude-a para a cataplana juntamente com a restante manteiga, o Porto ou Madeira, o miolo de amendoa pelado e pisado e um pouco de caldo.
 Tempere com sal e pimenta, feche a cataplana e mantenha ao lume 10 minutos de cada lado.

SARRABULHO RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

SARRABULHO RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

Sarrabulho á Moda da Beira Para 6 pessoas

500g de lombo de porco
300g de sangue de porco cozido
150g de fígado de porco
125g de unto de porco (gorduras da barriga)
400g de pão de trigo
1 dente de alho
1 folha de louro
1 ramo de salsa
sal; pimenta; colorau e cominhos
2 litros de agua
1 colher de sopa de vinho tinto 
.
Levam-se ao lume a ferver durante 5 minutos os 2 litros de água com meia folha de louro; o dente de alho; a salsa; o sal e um pouco de colorau. 
Corta-se o pão em fatias, coloca-se num tacho e dispõe-se, por cima, o sangue bem espremido e esfarelado.
 Rega-se abundantemente com a água a ferver anteriormente aromatizada e abafa-se.
 Entretanto corta-se o unto em bocadinhos e leva-se a derreter em lume brando ate fazer torresmos que se retiram, introduzindo-se em seguida a carne e o fígado cortados em bocadinhos.
 Tempera-se com sal, pimenta, cominhos, o restante louro e o vinho tinto.
 Deixa-se cozer ate a carne ficar bem bém cozida e aromática.
 Nessa altura junta-se ao pão, e sobre o lume mexe-se tudo muito bem até o pão ficar macio e a mistura homogénea, mas não seca. Se a agua for em excesso e o pão não a absorver totalmente, escorre-se antes de se juntar a carne.
 O sarrabulho deve ficar com a consistência de um creme espesso.

SARAPATEL RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

SARAPATEL RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

Sopas de sangue de porco

Ponha um tacho ao lume com azeite e banha, pique uma cebola grande, quatro dentes de alho e uma folha de loiro e deixe alourar.
 Junte depois pimento picado, calda de pimento, tomate e salsa.
 Fica a refogar durante uns minutos. Junta-se agua e deixa-se ferver, junta-se depois o sangue aos pedaços e deixa-se cozer.
Numa tigela ou travessa funda dispõe-se pão em fatias finas.
 Deita-se o caldo com o sangue por cima das fatias e junta-se um ramo de hortelã, tapa-se um pouco e serve-se.

FRESSURA RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL


FRESSURA RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

1 fressura de porco
4 cebolas
5 colheres de sopa de azeite (ou unto)
3 dentes de alho
1 folha de louro;
sal.

Corta-se a fressura em bocados. Num tacho ou cacoila deita-se a fressura com o sangue que estiver agarrado, as cebolas cortadas em rodelas fininhas, o azeite (ou unto), os alhos esmagados, a folha de louro e o sal. Leva-se ao lume e deixa-se a "estufar" destapado. Quando tudo estiver bem repassado, esta pronto para servir. Serve-se a fressura com batatas cozidas com a pele é peladas na altura.

ALHEIRAS Á TRANSMONTANA RECEITA CULINÁRIA

ALHEIRAS Á TRANSMONTANA RECEITA CULINÁRIA

Alheiras á Transmontana 

 Fazer uma massa, com

 presunto velho
 chouriço de carne
pé de porco
vaca; toucinho
galinha 
 peru

cozidos em conjunto e adicionados de pão de trigo. 
Adicionar banha derretida, pimentos e alho, bem pisados.
 Deixar arrefecer um pouco e ensacar morno, em tripas previamente lavadas, deixadas dois dias em agua com aguardente, rodelas de laranja e folhas de louro.
 Servem-se grelhadas ou fritas

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

BOLA DE CARNE RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

BOLA DE CARNE RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL


1,5 De massa de pão
200 Gramas de presunto
2 Cebolas
1 Chouriça
1 Salpicão
1 Ramo de salsa
300g de bifinhos de vitela
Manteiga ou banha
Sal Pimenta

Temperam-se os bifinhos de vitela com sal e pimenta e fritam-se num pouco de manteiga. Divide-se a massa ao meio e forra-se com ela um tabuleiro grande, dispõem por cima o presunto cortado em fatias finas, a chouriça e o salpicão cortados as rodelas, as cebolas cortadas as rodelas finíssimas, salsa esfarrapada a mão e os bifinhos de vitela. Rega-se tudo com o molho dos bifes de vitela e tapa-se com a massa que resta, fechando bem a junção. Pica-se toda a bola com um garfo, espalham-se por cima bocadinhos de manteiga ou banha e leva-se a cozer em forno bem quente.

terça-feira, 24 de novembro de 2009

ALMONDEGAS ALMONDEGAS NA BIMBY RECEITA CULINÁRIA



Almôndegas na mfp


Ingredientes:


Almôndegas


1 lata de cogumelos


3 alhos


1 copinho de vinho branco(75% vinho e 25% agua)


Mostarda a gosto


Polpa de tomate a gosto


Sal, pimenta e temperos a gosto


Preparação:


Passar as Almôndegas por farinha.Colocar um pouco de azeite no fundo da cuba, de seguida as almôndegas, os cogumelos, os alhos, a mostarda, a polpa de tomate, sal, pimenta e o vinhoPrograma 14 (cozer) durante 1 hora e 10 minutos.A meio da cozedura mexer as almôndegas.

BOLO REI - RECEITA CULINÁRIA



BOLO REI - RECEITA CULINÁRIA BINBY


700g de Farinha
10g de fermento seco (ou 3 + ½ colheres de chá)
1dl de água fria1
50g de açúcar
100g de margarina
50g de manteiga
3 ovos
100g de frutos secos (pinhões, nozes, amêndoas) partidos
50g de passas
1 laranja, raspa do vidrado
0,5dl de vinho do Porto (ou 4 colheres de sopa)
½ colher de chá de sal
Frutas cristalizadas, amêndoas peladas inteiras e nozes para decorar.
Geleia para pincelar.


Junte a farinha, o fermento, a água, o açúcar, a margarina e a manteiga (amolecidas), os ovos, a raspa de laranja e o sal. Seleccione o programa? massa de pizza? (com duração cerca de 1h30m). Ao fim da primeira amassadura, acrescente frutas secas, passas, vinho do Porto e seleccione novamente o programa? Massa de pizza? No final retire a massa da forma da máquina e forme o bolo-rei (o buraco deve ser largo). Coloque num tabuleiro, previamente untado de óleo. Tape com um pano e deixe levedar por 2h em lugar? quentinho?Pincele o bolo com geleia, decore com frutos secos e cristalizados e enfeite com açúcar em pó em montinhos.
 Leve ao forno, aquecido a 180ºC, por 30 a 35 minutos.
 Retire e volte a pincelar com geleia.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

BIFES PASSADOS PELA MÁQUINA RECEITA CULINÁRIA

BIFES PASSADOS PELA MÁQUINA RECEITA CULINÁRIA

Passa-se a carne pela máquina, amassa-se com sal e pimenta, dando-lhe o feitio de bifes.
Aloura-se uma cebola as rodas em banha e um fio de azeite, tira-se a cebola da frigideira, deitam-se os bifes e, quando estiverem prontos, põem-se na travessa e enfeitam-se com a cebola e um raminho de agriões sobre cada um.
Servem-se com ovos estrelados ou batatas fritas.

BIFES DA MINHA AVÓ RECEITA CULINÁRIA

BIFES DA MINHA AVÓ RECEITA CULINÁRIA

Põe-se no fundo de uma caçarola um pouco de toucinho muito bem picado, uma colher de banha e outra de azeite, cebola as rodas fininhas, rodas de tomates sem peles nem grainhas, salsa picada, pimenta e os bifes devidamente batidos e polvilhados levemente de farinha.
Cobrem-se os bifes com mais rodas de cebola e tomate.
Tapa-se bem a caçarola e deixam-se estufar em lume brando, tendo o cuidado de os mexer para não se queimarem.
Estando os bifes cozidos, servem-se com o respectivo molho e batatas fritas.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

SOPA DE CASTANHAS RECEITA CULINÁRIA

SOPA DE CASTANHAS RECEITA CULINÁRIA


2 Cebolas
2 Dentes de alho
2 C.sopa Azeite
500 g Castanhas congeladas
250 g Courgette
1 Talo de aipo
5 g Erva Doce
1 c. Chá Sal Marinho


Refogue a cebola e alho, bem picados, em metade do azeite. Junte as castanhas, a courgette em cubos e metade do aipo picado. Adicione agua suficiente e a erva doce e deixe ferver. Triture tudo de modo a obter um creme aveludado. Coloque o restante aipo em pequenos cubos e deixe cozer mais um pouco. Tempere com sal e o azeite.



CACHUPA RICA RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

CACHUPA RICA RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL


Chispes salgados - 2
Frango - 500gr
Chouriço -1
Toucinho entremeado - 150gr
Morcela -1
Carne de vaca de cozer - 500gr
Banha - 100gr
Alho - 3 dentes
Cebolas grandes - 2
Louro - 1folha
Milho - 0,5lt
Couve portuguesa - 4 folhas
Feijão pedra - 3di
Batata-doce - 300gr
Favona - 3dl
Sal - q.b.
Coentros -1 ramo
Agua - 1lt

De véspera demolha-se o feijão e o milho.
No dia seguinte cozem-se.
Á parte cozem-se as carnes e o toucinho.
Noutro tacho cozem-se as folhas de couve cortada aos
bocados e a batata-doce. Leva-se um tacho ao lume com a
banha, a cebola e os dentes de alho picados, a folha de
louro e o ramo de salsa.
Assim que a cebola comece a amolecer, juntam-se as
carnes cortadas aos bocados e todo o resto das hortaliças.
Adiciona-se a agua da cozedura das carnes e um pouco de
agua simples para que o caldo não fique muito forte.
Deixa-se ferver um pouco em lume brando para apurar.
Serve-se em pratos de sopa.

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

BACALHAU COM CASTANHAS RECEITA CULINÁRIA

BACALHAU COM CASTANHAS RECEITA CULINÁRIA

2 Postas de bacalhau 
Farinha - q.b.
1 Ovos
150 g Margarina
1 Alho Francês
1 Cenouras
2 Cebolas
1 Tomates
200 g Castanhas 
50 g Azeitonas 
Sal, noz-moscada e pimenta - q.b.

Coza as postas de bacalhau durante 10m em água a ferver. Escorra, retire as peles e espinhas e separe o bacalhau em lascas grossas. Passe por farinha e ovo e frite em margarina. Reserve mantendo quente. Corte o alho trances em rodelas, raspe a cenoura em fios, corte a cebola as rodelas e leve tudo a estufar na gordura onde fritou o bacalhau. Quando os legumes estiverem cozidos, adicione o tomate em cubos e as castanhas. Tempere com sal, noz-moscada e pimenta. Tape o tacho e deixe estufar. Enfeite com as azeitonas e sirva a acompanhar o bacalhau frito.

SOPA DE PERDIZ RECEITA CULINÁRIA

SOPA DE PERDIZ RECEITA CULINÁRIA

Caldo de Perdiz 

Perdiz
1 Nabo pequeno
1 Cebola pequena
1 Batatas
 4 Abóbora
 100gr Cenoura
 100gr Nabiças
100gr Banha de porco
 Azeite - q.b.
Sal q.b.

Descasque, lave e corte o nabo, a cebola, as batatas, a abóbora e a cenoura e coloque tudo numa panela com agua e, também, a perdiz.
Deixe cozer tudo muito bem.
Quando tudo estiver cozido retire a perdiz, triture os
legumes e tempere com a banha, azeite e sal.
Corte as nabiças, escalde-as e coloque-as na panela do
caldo, adicione a perdiz desfiada e sirva bem quente. •

sábado, 14 de novembro de 2009

APRENDA A FAZER OS SEUS REMÉDIOS CASEIROS

Aprenda a fazer os seus remédios caseiros
Sabe aquele chá para a dor de cabeça, cólicas, entre outros males do dia-a-dia que a sua avo Ihe receitava? Aprenda, agora, quais são as melhores formas de prepara-los!
DECOCÇÃO
Lave as ervas, coloque-as numa panela e acrescente a água pedida (á temperatura ambiente). De seguida, leve ao lume e deixe ferver por 5 a 10 minutos, ou durante o tempo descrito na receita. Desligue o lume e espere amornar. Coe e adoce. Esta forma de preparação e indicada principalmente para sementes, raízes, cascas e frutos secos.
INFUSÃO
Ferva a quantidade de água pedida na receita, desligue o lume e junte as ervas lavadas. Tape e deixe descansar por 15 minutos. Depois de o chá estar morno, coe e adoce. Geralmente, este processo é mais comum com flores, frutos e folhas das plantas.
MACERAÇÃO
Amasse as ervas com o cabo de uma colher e adicione agua, vinagre, óleo ou vinho. Deixe descansar no mínimo durante 12 horas. Coe e beba. Neste processo, pode-se usar qualquer parte da planta, porem, é mais indicado para vegetais que precisem de longo período de tempo para libertar os seus princípios activos.
SUMOS
A forma mais prática de preparar um sumo é bater as frutas, plantas ou eevas no liquidificador, coar e adoçar.
XAROPES
Amasse os ingredientes pedidos na receita (use o cabo de uma colher) e coloque num recipiente. Cubra com mel, tape e deixe descansar 1 dia. Esprema, coe e tome. Ou ainda: leve as plantas ao lume com água e açúcar até ficar uma calda. Retire do lume, espere amornar e guarde num pote.
INALACOES
Despeje o chá indicado, quente, numa bacia, ou deixe na própria panela em que foi feito. Cubra a cabeça com uma toalha e inale o vapor durante o tempo indicado na receita. Atenção: tenha muito cuidado para não se queimar neste processo.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

GORAZ OU PARGO ASSADO RECEITA CULINÁRIA

GORAZ OU PARGO ASSADO RECEITA CULINÁRIA

Toma-se a parte do rabo do peixe — que é a melhor para assar e esfrega-se com colorau, alho picado e pimenta. Cobre-se com cebola as rodas fininhas, rega-se com azeite, juntando-se-lhe um pouco de banha, um ramo de salsa, uma folha de louro partida aos pedacinhos e um tomate cortado ás rodas, e leva-se ao forno.
Não é aconselhável assar as batatas junto com o peixe, pois tira-lhe o gosto. Será preferível frita-las aos quartos, juntando ao peixe, quando estiver pronto.

SOPA DE GRÃO RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

SOPA DE GRÃO RECEITA CULINÁRIA TRADICIONAL

Põe-se de molho, na véspera, meio litro de grão.
Coze-se junto com uma cebola inteira, sal, pimenta e uma boa colher de azeite.
Passa-se depois de bem cozido, pelo passador, lançando o polme assim obtido na mesma água onde se cozeu o grão.
Depois de levantar fervura, junta-se-lhe uma chávena de arroz.

MOLHO BRANCO RECEITA CULINÁRIA

MOLHO BRANCO RECEITA CULINÁRIA

Num pouco de leite, dissolve-se uma colher de farinha, outra de manteiga, temperado de sal e pimenta. Leva-se ao lume, a engrossar, e, quando se retira, deitam-se algumas gotas de sumo de limão.

PEIXE COZIDO COM MOLHO BRANCO


PEIXE COZIDO COM MOLHO BRANCO

Coze-se o peixe e as batatas descascadas e partidas aos quartos, com uma cebola inteira.
Depois de tudo cozido, dispõe-se na travessa e cobre-se com o molho branco.

quinta-feira, 12 de novembro de 2009

SOPA DE PEIXE RECEITA DE CULINÁRIA

SOPA DE PEIXE RECEITA DE CULINÁRIA

Põe-se a refogar levemente, numa caçarola, uma cebola cortada ás rodelas grossas, um tomate passado pelo passador, sal, pimenta, um ramo de salsa — com um fio de azeite.
Quando a cebola principiar a alourar, junta-se-lhe a água onde se cozeu o peixe e deixando levantar fervura, em seguida deitam-se para dentro dois ovos (como para escalfar) fervem 2 ou 3 minutos.
Tem-se fatias de pão duro, (cortadas fininhas) dentro de uma terrina, colocam-se em cima os ovos e escalda-se tudo com a água do peixe a ferver. 
Abafa-se a terrina e serve-se

terça-feira, 10 de novembro de 2009

ARROZ DOCE RECEITA CULINÁRIA

ARROZ DOCE RECEITA CULINÁRIA

Cozem-se 250 gramas de arroz em água e sal, até estar meio cozido (aberto).
Nesta altura, deita-se-lhe 1/2 litro de leite, continuando a cozer em lume brando ate ficar na consistência desejada.
Juntamente com o leite, deitam-se 250 gramas de açúcar e quando estiver quase cozido, deita-se no arroz uma casca de limão que se retira depois.
Estando cozido, deita-se em pratos ou travessas e polvilha-se com canela.

CROQUETES RECEITA CULINÁRIA


CROQUETES RECEITA CULINÁRIA

O croquete é geralmente utilizado para o aproveitamento de carnes, dando-lhe um aspecto mais agradável á vista e ao paladar.
Para fazer croquetes, passa-se pela máquina a carne de vaca (podendo misturar qualquer outra qualidade), com chouriço, toucinho e presunto; tempera-se com sal, pimenta, noz-moscada e cebola picadinha.
Faz-se um estrugido com cebola e uma colher de banha, e, quando a cebola estiver loura, junta-se-lhe o picado.
Num pouco de leite, desfaz-se uma colherzinha de farinha de trigo e mistura-se bem com o picado, deixando cozer a farinha para engrossar um pouco.
Depois de fria a massa, deixa-se enxugar até ficar numa boa consistência, própria para se fazerem os croquetes, do tamanho de ovos pequenos. Para finalizar, passa-se por ovo batido, depois por pão ralado, e uma segunda vez por ovo e por pão ralado, fritando-os em azeite.

EMPADÃO DE ARROZ RECEITA CULINÁRIA

EMPADÃO DE ARROZ RECEITA CULINÁRIA


Faz-se uma porção de arroz.
 Deita-se uma camada num tabuleiro ou prato de ir ao forno
 cobre-se com o picado de carne e, sobre este, coloca-se outra camada de arroz.
Querendo, barra-se com uma gema de ovo.
Vai ao forno só para alourar.

sábado, 7 de novembro de 2009

DOCE DE TOMATE RECEITA CULINÁRIA

DOCE DE TOMATE RECEITA CULINÁRIA

Para se pelar bem o tomate, passa-se levemente com a lâmina da faca, sem o cortar, durante algum tempo, na parte oposta ao pedúnculo do tomate; depois, com o bico da faca, puxa-se a pele que sairá com facilidade.
Limpa-se de pevides o polme assim obtido e junta-se-lhe igual peso de açúcar, levando ao lume a tomar ponto. Quando começar a ferver, mexe-se sempre, para não se pegar ao fundo do tacho (que devera ser, de preferência, de barro e que só sirva a doce).
Se for para guardar, deixa-se ferver durante uma hora e meia; sendo para comer na ocasião, bastará uma hora. Ao tirar do lume, deixa-se esfriar e deita-se em taças, frascos de vidro ou tigelas.

COZIDO Á PORTUGUESA RECEITA CULINÁRIA

RECEITA CULINÁRIA COZIDO À PORTUGUESA


Cozido á Portuguesa



Tomando, por exemplo, 1 quilo de carne própria para cozer (ganso, acém ou puja douro), limpa-se, tirando-se-lhe os ossos e a gordura.
Numa panela com bastante agua, coloca-se a carne, os ossos e as gorduras, a que se junta um pedaço de toucinho e outro de presunto; tempera-se de sal e deixa-se ferver.

Logo que a carne esteja quase cozida, junta-se-lhe cenouras, batatas, nabos, hortaliça e metade de um chouriço de tamanho regular.

Com algumas conchas de caldo faz-se um pouco de arroz enxuto que se enforma numa tigela e se desenforma para a travessa enfeitando-a com rodelas de chouriço cozido.

Dispõem-se, á volta, as carnes e os legumes, dando um bonito aspecto á travessa.

O caldo divide-se em duas partes, das quais se destina uma para a sopa do jantar, em que se pode cozer massa miúda, guardando a outra parte para a sopa das refeições do dia seguinte, que se poderá fazer com massa mais grossa ou arroz, conforme a preferência, mas só no dia em que for servida.

BACALHAU ESTUFADO RECEITA CULINÁRIA

BACALHAU ESTUFADO RECEITA CULINÁRIA

Lasca-se uma boa posta de bacalhau. 
Cortam-se, ás rodas, batatas, cebolas e tomates.
Coloca-se tudo, as camadas, numa caçarola, com um ramo de salsa, um dente de alho picado, pimenta, sal e uma colher de azeite.
Leva-se ao lume, conservando sempre tapada a caçarola.
Coze-se em lume brando,

SOPA DE SENORAS

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

TOUCINHO DO CEU

TIJELADAS-ABRANTES RECEITA TRADICIONAL

TIJELADAS-ABRANTES RECEITA TRADICIONAL

Batem-se

12 ovos inteiros
500 grs. de açúcar
sal (umas pedrinhas)
casca de limão
 uma colher de chá bem cheia de canela
 
depois de tudo bem batido, dissolve-se 125 grs. de farinha num pouco de leite, de m que fique um polme; junta-se aos antecedentes e bate-se tudo muito bem durante uma meia hora, com a mão.

Na hora de ir ao forno, junta-se 1 litro de leite (do qual se tirou o suficiente para dissolver a farinha). Nessa altura e que se põem as tigelas de barro no forno; levam uns quinze minutos a aquecer e só passado este tempo e que se deita a massa líquida nas tigelas, sem as retirar do forno e com o auxilio de um pucarinho preso a uma cana.
As tigelas próprias são de barro não vidrado.

RABANADAS

terça-feira, 3 de novembro de 2009

LEGUMINOSAS

LEGUMINOSAS
Constituíram um alimento básico durante milhares de anos, mas nas últimas décadas foram relegadas para segundo piano. São muito ricas em proteínas, mais que a came, o peixe e os ovos. Alem disso, o seu conteúdo em gordura é escasso relativamente ao dos cereais, não tem colesterol e possuem uma grande quantidade de sais minerais, ferro e vitaminas. Devem ser compradas no inicio do Outono, quando aparecem as novas no mercado. Se as adquirir a granel, deve certificar-se de que são do ano e comprar grãos de igual tamanho e cor uniforme, que não estejam partidos, pelados nem com buracos. Podem ser indigestas, mas tornam-se mais digeríveis se forem deixadas de molho durante uma noite; depois cobrem-se com agua fria, leva-se a agua a ferver e cozem-se durante 10 minutos.
Se se tiver esquecido de as deixar de molho na véspera, coloque-as numa panela com agua em lume brando e, quando começar a ferver, retire do lume e deixe repousar, bem tapado, duran­te pelo menos uma hora. Depois coza-as do modo habitual. Não adicione sal, pois poderia endurecer-lhes a pele, já de si um tanto dura. Para que não se desfaçam durante a cozedura, não deve esquecer-se de as cozer em lume brando, e para que fiquem tenras adicione o sal no fim da cozedura. Uma forma de evitar a flatulência que podem provocar em algumas pessoas consiste em deitar fora a agua na qual ferveram e adicionar certas ervas aromáticas a agua da cozedura, como louro, cominhos, tomilho, salsa ou alecrim e cravinho juntos, que estimulam a digestão. No caso das favas, e melhor tirar-lhes a pele. Para conserva-las, introduza-as num frasco de vidro com vários dentes de alho.