quinta-feira, 3 de junho de 2010

BOLO ROSALIND

Bolo Rosalind
5 ovos
0 mesmo peso de açúcar

Metade do peso dos ovos em farinha
1 colher, bem cheia, de manteiga
Batem-se as gemas com o açúcar até esbranquiçarem, mistura-se a manteiga derretida e depois as claras em castelo, adicionando, por fim, a farinha, peneirada com uma colher, das de chá, de fermento.
Deita-se a massa numa forma redonda e leva-se ao forno a cozer com calor moderado
Deixa-se esfriar e desenforma-se.
Com cem gramas de açúcar e água suficiente para o cobrir faz-se uma calda em ponto de pérola, aromatizada com umas gotas de baunilha, ou quem prefira, um cálice de licor de Marrasquino.
Pica-se o bolo com um palito comprido, de madeira, e cobre-se com a calda, deixando embeber bem, ficando assim umas horas ou mesmo para o dia seguinte.
Com duzentas e cinquenta gramas de açúcar faz-se uma outra calda em ponto de pérola a que se juntam, em morna, três gemas de ovos batidas com uma colher, das de sobremesa, de farinha de arroz; misturam-se as gemas à calda e leva-se ao lume a cozer e engrossar.
Cobre-se o bolo com este doce sobre o qual se espalham amêndoas peladas e torradas, cortadas grosseiramente.

Sem comentários: